terça-feira , 23 abril 2024
Home / Chapecó / Chapecó lança programa de cirurgias e prevenção da obesidade
Foto: Reprodução

Chapecó lança programa de cirurgias e prevenção da obesidade

Há 12 anos Iracema Vaz, moradora do bairro São Pedro, convive com o problema da obesidade e aguarda uma cirurgia. Ela está com 152 quilos e não consegue ficar em pé. Mas essa espera vai terminar graças ao Programa Vida Plena: Qualidade de Vida na Prevenção e Tratamento da Obesidade, lançado nesta quinta-feira, pela Prefeitura de Chapecó, no Centro de Eventos.
Ela recebeu das mãos do prefeito João Rodrigues o agendamento da consulta, que será no dia 12 de março, às 8h, no Hospital São Francisco, de Concórdia. Lá estará a equipe médica e anestesista.
Antes ainda fará mais alguns exames. Dando tudo certo ela poderá fazer a cirurgia ainda neste mês de março.
“Espero finalmente poder fazer a cirurgia bariátrica para depois fazer a cirurgia do joelho e voltar a caminhar. Agora só fico no sofá ou na cama e não consigo nem fazer comida. Meu marido é que faz para mim”, explicou.
Seis pessoas receberam agendamento de consulta. Ivonete Fetter, que espera a cirurgia desde 2018, é outra beneficiada. “Agradeço muito por essa oportunidade. Muito obrigada”, disse. Outro beneficiado foi Clair Orloski, que chegou a 154 kg e está na fila há quatro anos. Sua consulta será no dia 5 de maio, em Concórdia. Ele disse que já vinha sendo acompanhado e que não basta a cirurgia, mas também a mudança psicológica.
De acordo com o secretário de Saúde, Jader Danielli, os pacientes já vinham sendo acompanhados com equipe de nutricionistas, psicólogos e nutrólogos. As pessoas foram escolhidas conforme uma lista que já vinha sendo atendida em Lages. O problema é que a fila é muito lenta. Maribel Maria Locatelli disse que tem problema com obesidade há 25 anos, começou os procedimentos ainda em Florianópolis e faz o acompanhamento em Lages, para onde viaja eventualmente, onde chega às 3h da manhã, faz as consultas e volta para casa à meia noite.
Ela não está na lista dos seis primeiros, mas está entre os 30 que serão encaminhados para cirurgia até o final do ano. Por meio de edital de licitação, a Prefeitura contratou 30 cirurgias, metade no Hospital São Francisco, em Concórdia, e metade no Hospital do IMAS, em Brusque. O valor de cada cirurgia é de R$ 23,4 mil.
O prefeito João Rodrigues disse que a Prefeitura está bancando para agilizar a fila, que estava parada.
“No ano passado um jovem me mandou mensagem, que estava com problema de obesidade, pesando 290kg. Ele era vigia da Prefeitura e somente na pandemia engordou 100 kg. Conseguimos uma cirurgia de graça em Araranguá, bancada pelo Instituto Maria Schmitt e o paciente já perdeu 90kg. Dentro de seis meses ele deve fazer a última cirurgia. Por isso nós decidimos lançar um programa de enfrentamento da obesidade. Porque o mais importante é cuidar das pessoas, principalmente das que mais estão sofrendo”, disse o prefeito.
Os pacientes que tiverem índice de massa corporal maior que 40, ou então acima de 35 mas com comorbidades, podem buscar informações sobre o programa nas unidades de saúde.
Mas o programa não se resume às cirurgias. Paralelamente, a Atenção Primária à Saúde vem desenvolvendo ações  visando a educação em saúde para a prática da realização de atividade física, alimentação saudável e autocuidado, com grupos de educação alimentar e nutricional para pessoas com sobrepeso ou obesidade, com inserção de práticas integrativas e complementares; grupos de atividade física, que têm a finalidade de melhorar a qualidade de vida, autonomia nas atividades da vida diária, alívio das dores e melhora dos sintomas como insônia e ansiedade.
Para ampliar os grupos já existentes, estão sendo criados 5 Novos Grupos por territórios de saúde nas regiões Norte, Sul, Leste, Oeste e Centro, os quais terão atuação multiprofissional com estratégias voltadas exclusivamente para o tratamento da obesidade, com ações desenvolvidas em parceria com a Fundação de Esportes.
O presidente da Fundação de Esporte de Chapecó, Agnaldo Veriato Pereira, informou que provavelmente ainda em março vai começar um grupo com atividade física orientada, na região Sul, em parceira com a Unoesc.
Também estiveram presentes no lançamento do programa de combate à obesidade o presidente da Câmara de Vereadores, André Kovaleski, e o representante do Conselho Municipal de Saúde, Gilberto José Mário.

Crédito texto e imagem: Assessoria PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Alunos da Rede Municipal participam de Projeto de Iniciação Científica

Os estudantes da Rede Municipal de Ensino que participaram da última Olimpíada Brasileira de Matemática ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.