sexta-feira , 19 julho 2024
Home / Destaque / Celesc entra no Mercado Livre de Energia
Celesc/Divulgação

Celesc entra no Mercado Livre de Energia

Após apresentar junto ao governo do estado um Plano de Investimento milionário para os próximos quatro anos, agora, a Celesc anuncia sua entrada no Mercado Livre de Energia, com a Celesc Varejista.

“Eu sempre digo que a Celesc não pode ficar fora, só assistindo o mercado, ela precisa fazer parte dele”, explica o presidente da estatal, Tarcísio Rosa.

Com este projeto, a Celesc, além de entregar a energia para o consumidor, também poderá ser uma fornecedora e, em pouco tempo, além das grandes indústrias, os pequenos comerciantes catarinenses terão a opção de negociar condições como preço, quantidade de energia contratada, período de suprimento, pagamento, entre outras, com a própria Celesc Varejista. A ideia é dar ao cliente a opção de ter o mesmo fornecedor e distribuidor de energia.

No Mercado Livre de Energia, o consumidor escolhe a empresa de energia com a qual quer se relacionar, o que permanece é a distribuidora, no caso de Santa Catarina, a Celesc.

Uma das vantagens é que não há bandeiras tarifárias, aquelas de cores verde, amarela e vermelha. No caso da energia livre, mesmo com variações nos reservatórios ou em condições climáticas adversas, o valor a ser cobrado é sempre o acordado.

Mais uma novidade que foi dada à coluna é a ampliação do negócio de energia fotovoltaica. O ideia do presidente é investir mais na área, oferecendo solução diretas para a sociedade. Aliás, a concessionária está fortemente inclinada para a geração de energia limpa.

Fizemos uma entrevista com o presidente Tarcísio sobre os detalhes do Plano de Investimento, que será pauta da nossa próxima entrevista.

 

Alesc/Divulgação

Nada é gratuito

Com a entrega do projeto Faculdade Gratuita à Alesc, na última terça-feira, o deputado Matheus Cadorin (Novo) manifestou-se sobre a celeridade pedida pelo governador Jorginho Mello (PL) e prometida pelo presidente da casa, deputado Mauro de Nadal (MDB) para tramitação do processo. Para ele, o programa precisa de uma análise técnica detalhada e cuidadosa por afetar a vida de muita gente e porque, apesar do nome, o programa não é gratuito, já que tudo que é feito pelo governo envolve dinheiro de impostos dos catarinenses. O parlamentar explica que vai convidar especialistas na área da Educação para que examinem com cuidado as propostas apresentadas, mas já adianta pontos de atenção como o direito de escolha do estudante pelos cursos e localização, a questão da entrada de instituições privadas e quanto a garantia de que o ensino médio não será prejudicado com o aporte de recursos nas universidades.

 

SC Levada + a Sério

O governador Jorginho Mello e a vice-governadora Marilisa Boehm estarão em Criciúma nesta quinta-feira, 18, às 9h, na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) para mais uma rodada de conversas com prefeitos. A iniciativa faz parte do Santa Catarina Levada a Sério + Perto de Você, que já passou por Xanxerê e Chapecó.

 

Turismo

Santa Catarina passa a contar a partir de agora com mais uma região turística, com a criação da Instância de Governança Regional de Turismo (IGR) do Alto Uruguai Catarinense, localizada no Meio-Oeste catarinense, com isso, o estado terá 14 regiões turísticas reconhecidas pelo Ministério do Turismo.

A região possui uma expressiva representatividade de cultura alemã e destacam-se potencialidades turísticas como as águas termais em Itá e Piratuba, o Sítio arqueológico do Contestado em Irani, o Museu Angelo Spricigo e o Parque Fritz Plaumann em Concórdia, o Parque da Cascata em Ipira, mirantes no município de Alto Bela Vista, Gruta Nossa Senhora de Lourdes, em Peritiba, entre outras.

 

Repasse para a Saúde

A Secretária Carmen Zanotto fez uma apresentação detalhada para o Fórum Parlamentar de Santa Catarina, em Brasília, para pedir ajuda da bancada junto ao Ministério da Saúde, solicitando mais repasses para o Estado. Carmem mostrou que o investimento para zerar a fila de cirurgias eletivas causou um déficit financeiro para a área. De acordo com a Secretaria de Saúde, a demanda é de R$ 550 milhões por ano, ou R$ 45 milhões por mês.

 

Gasolina

Após a Petrobras anunciar o fim da paridade internacional dos preços, a gasolina pode baixar até R$ 0,29 em Santa Catarina a partir de quinta-feira (18), segundo levantamento de sindicatos de combustíveis do Estado. A medida passou a valer para as distribuidoras a partir de ontem, mas deve chegar nas bombas até o fim da semana. Para garantir que a redução de preços irá chegar ao bolso do consumidor, o Procon Estadual irá realizar uma fiscalização nas distribuidoras do estado.

 

Empreende Brazil

A 9ª edição do Empreende Brazil Conference inova ao garantir que os participantes saiam do evento com um plano de ação pronto para colocar em prática nos seus negócios. A maior imersão de empreendedorismo da América Latina acontece no dia 27 de maio, com 12 horas ininterruptas e mais de 50 palestrantes na arena Hard Rock Live, na Grande Florianópolis. O objetivo é possibilitar que os empreendedores tenham uma estratégia tangível, que vai converter o aprendizado proporcionado na imersão para as ações que ele necessita colocar em prática para alavancar o seu negócio ou trabalho. A mudança no modelo do evento foi baseada na necessidade do mercado.

 

Produção e edição: ADI/SC – Jornalista Celina Sales
com colaboração de Cláudia Carpes.
Contato peloestado@gmail.com

 

 

 

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Atentando a Trump desponta seu favoritismo

O tiro que acertou o Donald Trump no último final de semana, e que acabou ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.