sexta-feira , 19 julho 2024
Home / Destaque / Bancadão Sul e Sudeste pode dar fôlego para obras catarinenses
Créditos: Divulgação/ Facisc

Bancadão Sul e Sudeste pode dar fôlego para obras catarinenses

 Obras estruturantes de Santa Catarina poderão ganhar um significativo reforço com a criação do Bancadão Sul e Sudeste, anunciado pela deputada federal, Caroline de Toni (PL), presidente do Fórum Parlamentar Catarinense, na reunião de Diretoria da Facisc e presidentes das Associações Empresariais de Santa Catarina. As obras fazem parte também dos principais pleitos da Facisc. De acordo com a deputada, a ideia é ter mais força para os pleitos das regiões. As regiões Sul e Sudeste concentram 7 estados e 277 deputados, sendo muito fortes politicamente e economicamente.

O Bancadão Sul Sudeste é proposto e coordenado pelo deputado federal mineiro, Luiz Fernando Faria (PSD-MG). Integrantes irão realizar a primeira reunião estadual em Minas Gerais. O encontro deve ocorrer dentro do próximo evento do Consórcio de Integração Sul Sudeste (Cosud) que será em Minas Gerais em maio ou junho.

Entre as pautas comuns estão a reforma tributária e as questões relacionadas a rodovias federais que atravessam os Estados, além das demandas específicas de cada região que ainda serão coletadas. Essa segunda reunião é justamente para identificar as demandas comuns, as que são de interesse de cada Estado e que são estruturantes e relevantes.

A deputada Caroline de Toni já articulou com os deputados Pedro Uczai (PT) e Carlos Chiodini (MDB) para que façam frente em outros projetos e que os recursos e investimentos para Santa Catarina continuem a todo o vapor.

Nesta semana deve haver uma reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), para tratar da oficialização da bancada e estruturar as coordenações. Se concretizado, será uma iniciativa inédita para reunir as duas regiões do país no que está sendo chamado de “Bancadão Sul Sudeste”.

 

Foto: Assessoria parlamentar

Reforma Tributária em pauta

Aliás, o debate sobre reforma tributária, acende discussões na Assembleia Legislativa. O deputado estadual Antídio Lunelli (MDB) também empresário do setor têxtil e do agronegócio, se reuniu com Miguel Abuhab, fundador da Datasul e do Movimento Destrava Brasil. Eles discutiram a PEC -110, que contou com o auxílio de Abuhab, empresário de Joinville, na elaboração. O texto prevê a unificação de diversos impostos que hoje são pagos ao longo da cadeia produtiva em um só: o Imposto sobre Valor Agregado (IVA). Além disso, Abuhab defende um modelo de cobrança simples e automática na transação financeira, buscando eliminar sonegação, inadimplência, informalidade e corrupção e, assim, aos poucos, tornar possível a queda da alíquota. O encontro rendeu tema de moção na Assembleia Legislativa, reivindicando ao Congresso Nacional prioridade aos debates da Reforma Tributária.

 

Portugal 1

Um comitiva catarinense esteve em em Lisboa, Capital de Portugal, em um Roteiro de Inovação e Tecnologia, a convite da reitoria da Unesc, de Criciúma. Participaram, os deputados Ivan Naatz (PL) e Rodrigo Minotto (PDT), além do prefeito Clésio Salvaro (PSDB). Entre as instituições visitadas, Ivan Naatz destacou a empresa Trato Lixo, que recolhe os dejetos e resíduos sólidos de quatro municípios com cerca de 900 mil habitantes. A partir do lixo é gerada energia elétrica e produtos de compostagem de resíduos orgânicos para uso na agricultura sustentável.

Portugal 2

O deputado estadual Rodrigo Minotto destacou a estrutura do Sebrae no World Trade Center, que conecta empreendedores brasileiros ao mercado português. “Também conhecemos a estrutura de Cascais que aplicou uma estrutura de cidade inteligente. A ‘Cascais SmartCity’ consegue simplificar e unir as pessoas com medidas e projetos de desenvolvimento humano e qualidade de vida”, explica Minotto. No encerramento do roteiro, na sexta-feira ( 24), a comitiva esteve em visita à Embaixada do Brasil em Lisboa.

Marcha a Brasília

Cerca de 450 representantes, entre vice-prefeitos, secretários municipais e servidores estarão presentes na Capital Federal para a 24ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que será realizada entre os dias 27 a 30 de março deste ano e coordenado pela Confederação Nacional dos Municípios. Uma das responsáveis pela mobilização dos participantes catarinenses, a FECAM desembarcou nesta segunda-feira (27), em Brasília. Na pauta dos representantes de Santa Catarina estão temas como a reforma tributária, o piso salarial do magistério, saneamento básico, o Censo Demográfico e o Fundo de Participação dos Municípios.

 

Crédito para empresas

Balneário Camboriú e Camboriú, Navegantes e Itajaí terão mais uma oportunidade de acesso ao crédito da Facisc, o Faciscred. A iniciativa busca construir parcerias para oferecer soluções para a abertura e crescimento de negócios nos diversos setores representados pelo Sistema FACISC. O lançamento na Associação Empresarial de Navegantes (Acin) acontece hoje (terça). Além disso, as associações empresariais de Timbó, Bombinhas, Itapema e Porto Belo, Indaial, Brusque, Blumenau, Tijucas, Penha, Canelinha, São José, Santo Amaro da Imperatriz e Garopaba também estão na expectativa de oferecer o acesso para mais de 8.800 empresas associadas.

 

Produção e edição: ADI/SC – Jornalista Mônica Foltran
com colaboração de Cláudia Carpes.
Contato peloestado@gmail.com

 

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Atentando a Trump desponta seu favoritismo

O tiro que acertou o Donald Trump no último final de semana, e que acabou ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.