quarta-feira , 19 junho 2024
Home / Geral / Muse, o gadget movido a ondas cerebrais
Imagem: Galileu

Muse, o gadget movido a ondas cerebrais

Você já leu aqui na GALILEU sobre drones guiados por pensamento. Pois é, se a vida imita a arte, ela está imitando cada vez melhor o X_Men: agora você vai poder controlar gadgets sem mexer um dedo – basta pensar.

Suas ondas cerebrais dizem muito sobre você. Assim como as batidas do seu coração aceleram quando você está nervoso e diminuem de frequência quando você está relaxado, seu cérebro também reflete (e comanda, é claro) seu estado mental. Mas até então esse baú repleto de informações permaneceu trancado, sendo aberto em raríssimas situações, que quase sempre envolvem a complexa infraestrutura de hospitais e eletroencefalogramas. Com o tamanho de uma tiara, o Muse promete abrir uma janela permanente entre nós e aquilo que se passa em nossa cabeça.

São dois sensores na testa e mais dois atrás das orelhas. O design, levando em conta que você está carregando um objeto na cabeça, até que é bonito e, pelo menos aparentemente, leve, não deve incomodar quem está usando. As aplicações são inúmeras: o Muse (nome inspirado nas musas gregas, deusas da Ciência e das Artes) manda e “traduz” suas ondas cerebrais para o smartphone via Bluetooth, criando essa espécie de interação telepática. A partir disso, você pode, por exemplo, fazer com que seu celular e televisão desliguem automaticamente quando você pegar no sono. Ou então praticar exercícios de memória antes de um discurso ou uma apresentação, deixando seu cérebro mais afiado para aquela situação inevitavelmente embaraçosa. É como se você levasse seu cérebro pra academia. A grande sacada é que quanto mais você usa o aparelho, mais ele vai te conhecendo e mais natural e intuitiva fica a interação dele com os gadgets que te cercam. Assim fica difícil imaginar o limite da brincadeira.

A Interaxon, empresa responsável pela novidade diz que nesse primeiro momento a ideia é usar o Muse para o auto-conhecimento. Ele vem com um app próprio chamado Integrated Brain Health System. (Sistema Integrado de Saúde do Cérebro), que traz uma série de jogos e desafios para melhorar seu cérebro e, consequentemente, sua vida. Dar um upgrade na memória e na atenção, diminuir a ansiedade, ficar mais otimista e motivado são alguns dos benefícios esperados.

O projeto está na plataforma de crowfundgin Indiegogo e já arrecadou pouco mais de US$ 78.000 – o valor total pedido é 150 mil. Para conhecer mais sobre o Muse ou quem sabe até dar uma força em forma de grana, clique aqui.

Fonte: Redação Galileu

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura inicia plantio de ipês no prolongamento Sul da Getúlio Vargas

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira, a Prefeitura de Chapecó iniciou o ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.