domingo , 25 fevereiro 2024
Home / Destaque / Lançado o “maradólar”, criptomoeda argentina em homenagem a Maradona
Foto: Gizmodo

Lançado o “maradólar”, criptomoeda argentina em homenagem a Maradona

Não é segredo para ninguém que os argentinos idolatram Diego Armando Maradona como um deus. O amor a don Diego já levou os hermanos a fundar uma igreja com paróquia — com até mesmo uma bíblia própria. A mais nova homenagem ao craque argentino é o maradólar, criptomoeda em homenagem ao ex-jogador.

A criptomoeda entrará em circulação no sábado, 30 de outubro, dia em que Maradona completaria 61 anos de idade. No dia do lançamento, serão distribuídos 10.000 maradólares gratuitamente para pessoas que se cadastraram previamente e demonstraram interesse em adquirir a criptomoeda.

De acordo com o jornal argentino Clarín, quando o maradólar atingir a marca de 100.000 usuários ativos, “a liquidez será injetada na moeda” — ou seja, passará a valer de verdade. No site, os criadores da criptomoeda pedem aos usuários que eles a utilizem para adquirir bens e serviços no mercado popular, em doações a comunidades e projetos que possam desenvolver a infraestrutura de locais mais humildes.

Alguns dias após a morte de Maradona, membros do governo argentino demonstraram interesse na criação de uma cédula que levasse o rosto do ídolo, mas a ideia não foi adiante. Isso porque existe um temor em relação a incapacidade do governo em controlar a inflação, desvalorizando a moeda — e, por tabela, arranhando a imagem do ídolo.

Fonte: Gizmodo Brasil

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Motos terão espaço prioritário em semáforo da avenida Getúlio Vargas com a São Pedro

A Diretoria de Segurança Pública da Prefeitura de Chapecó informa a todos os cidadãos que ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.