quinta-feira , 18 julho 2024
Home / Geral / Chapecó reforça combate à Dengue com ações em empresas
Foto: PMC

Chapecó reforça combate à Dengue com ações em empresas

Orientações sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti transmissor dos vírus da Dengue, Zika vírus e Chikungunya. Esse foi o objetivo de uma atividade realizada pelas equipes de Educação em Saúde da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, em parceria com a Agroindústria Aurora.

Na terça e quarta-feira (07 e 08) as equipes realizaram atividade abordando com cerca de 200 colaboradores sobre os cuidados para não deixar água parada, evitando os criadouros em residências, além de alertar sobre os sintomas das doenças.

Outro alerta foi com relação aos animais peçonhentos, entre eles, a aranha marrom, que por vezes está dentro de casa, facilitando os acidentes.

Ações seguem intensificadas

De acordo com o secretário de Saúde, Jader Danielli, o objetivo é eliminar criadouros e conter a transmissão da doença. Além dos mutirões, treinamentos, capacitações e o trabalho das Agentes de Combate as Endemias nos bairros, é importante que toda sociedade colabore para eliminar os criadouros do mosquito. Na quinta-feira (09) as equipes de saúde estarão no bairro SAIC com o drone, para vistoriar os locais de difícil acesso e orientar a população.

“No ano de 2023, Chapecó já registrou casos da doença e é importante que cada um faça a sua parte para evitar que o aumento nos números”, disse ele, que reforçou ainda que as pessoas devem usar repelente e estar atentos aos sintomas, e procurar o serviço de saúde mais próximo.

Sintomas da dengue são:
• Febre alta (39 a 40°C)
• Dor de cabeça
• Fraqueza
• Dores no corpo e nas articulações
• Dor retro orbitária / olhos
• Manchas pelo corpo (presentes em 50% dos casos)
• Perda do apetite
• Náuseas e vômitos
Dicas importantes:
• Cuidado especial no armazenamento e destinação do lixo, mantendo-o em recipiente fechado e disponibilizando-o para recolhimento pela Limpeza Urbana na frequência usual;
• Jamais descarte o lixo ou qualquer outro material que possa acumular água no quintal de casa, no quintal de vizinhos, na rua ou em lotes vagos;
• Mantenha a caixa d’água sempre limpa e totalmente tampada. Além disso, mantenha as calhas livres de entupimentos para evitar represamento de água;
• Elimine os pratinhos de vasos de plantas; caso não seja possível mantenha-os limpos e escovados pelo menos três vezes ao dia;
• Ao trocar os pneus, deixe os velhos na borracharia, para que o destino adequado seja dado a eles.

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Programa Mão Amiga chega próximo de 400 atendimentos

Na manhã desta quinta-feira foi realizada mais uma ação do Programa Mão Amiga: Resgate da ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.