quarta-feira , 7 dezembro 2022
Home / Destaque / *“Ó o Doc Aí”: Chapecó terá Mostra Nacional de Documentários*

*“Ó o Doc Aí”: Chapecó terá Mostra Nacional de Documentários*

Acontece em Chapecó , de 25 a 29 de outubro de 2022, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, a 8ª edição do “Ó o Doc Aí – Mostra Nacional de Documentários de Chapecó”. O projeto, contemplado pelo Prêmio de Cinema Catarinense 2021, traz sessões gratuitas de filmes documentais voltado à estudantes de escolas públicas e abertas à comunidade.

Integram a programação longas-metragens nacionais, curtas-metragens catarinenses e curtas chapecoenses. Ao todo serão exibidas 9 sessões que irão contemplar um público de cerca de 3.600 pessoas.

A programação inicia na terça-feira, às 19h15, com os filmes “caça-palavras” de Romy Huber, de Itajaí, seguido pelo lançamento “Entre o Som e o Sonho”, de Daniel Edu Mayer e Fabiane Bardemaker, de Chapecó e “O Sonho doInútil”, de José Marques de Carvalho Jr. do Rio de Janeiro. Na quarta-feira, 26/10, a sessão aberta ao público traz os documentários “Isso é ser comunidade” de Narciso Gustavo Nunes Baez, de Chapecó e “Grade”, de Lucas de Andrade Lima Britto, do Rio de Janeiro.

A tercei ra sessão aberta será na quinta-feira, 27/10, com as produções “Pãn Vanh – Rastros”, de Ítalo Mongconânn, de José Boiteux, “É assim que eu me lembro”, de Julherme José Pires de Chapecó e “O dia da posse” de Alan Ribeiro, do Rio de Janeiro. Como filme convidado pela curadoria, o projeto traz uma sessão especial, na sexta-feira, a exibição de “Amigo Secreto”, de Maria Augusta Ramos, do Rio de Janeiro.

As sessões abertas ao público acontecem sempre a partir das 19h15, e os ingressos podem ser retirados a partir das 18h15, presencialmente .

Profissionalização

Como forma de incentivar os profissionais da região oeste, o projeto também oportuniza a formação, com a oficina gratuita “Possibilidades do documentário: modos e estratégias” com o pesquisador Mauricio Vassali. A atividade acontecerá no sábado 29/10, das 8h30 às 12h30 dentro da programação da Mostra. Podem inscrever-se profissionais, estudantes, pesquisadores ou interessados na área, através do link https://forms.gle/3yeNwXqfEcj18DxV6 .

“Ó o Doc Aí” é uma iniciativa da Associação de Cinema e Vídeo do Chapecó e Região – Cinelo, conjunta com a Fundação Cultural de Chapecó e produção da Lamparina Cultural. Além de estimular a difusão de filmes documentais, democratizar o acesso da comunidade a partir da gratuidade das exibições, o encontro é uma grande ação de fortalecimento do setor audiovisual no interior de Santa Catarina.

“Para o setor audiovisual chapecoense é extremamente importante o retorno do “Ó o Doc Aí”, pois o gênero documentário é o principal gênero cinematográfico produzido pelos profissionais locais. Então, além de ser um espaço para esses profissionais exibirem as suas produções, acaba sendo também um espaço de acesso a outros filmes documentais produzidos em todo o Brasil. O cinema documental tem pouquíssimo espaço nos cinemas comerciais, nos cinemas de shoppings, por exemplo, em que nós estamos acostumados a comprar o ingresso e assistir ao filme. Por isso essas produções dependem de eventos e projetos independentes, iniciativas de associações como a Cinelo, para poder chegar até o público”, enfatiza o Coordenador da Cinelo, Augusto Zeiser.

Créditos:
Texto: Camila Almeida
Artes: Kaline Schenatto
Fotos: Arquivo/Cinelo
Outras informações/ Agendamento de entrevistas:
Camila Almeida – Girassol Cultural
Whatsapp – 49.99192.3977
Email- contatogirassolcultural@gmail.com

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura de Chapecó divulga calendário fiscal de 2023

A primeira parcela do IPTU para quem quiser pagar em cota única, com 10% de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.