sexta-feira , 19 abril 2024
Home / Destaque / Vereadoras querem informações sobre mudanças no atendimento pediátrico em Chapecó
Foto: CMC

Vereadoras querem informações sobre mudanças no atendimento pediátrico em Chapecó

Foto: CMC

Os vereadores de Chapecó, votaram e aprovaram requerimento, que busca esclarecer dúvidas e buscar encaminhamentos sobre as mudanças implementadas no atendimento pediátrico e do público em geral para este ano. Para isso, será realizada uma Reunião de Trabalho com data a ser marcada, com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Saúde no Serviço de Atenção Básica. O requerimento é de autoria das vereadoras Deise Schilke (PT) e Marcilei Vignatti (PSB).

O requerimento informa que há registros de dificuldades no acesso ao atendimento pediátrico nos postos de saúde de Chapecó devido à centralização do serviço em algumas unidades. “São poucos locais de atendimento, o que dificulta muito a vida dos pais em função do deslocamento”, explicou Deise Schilke.

O outro assunto é em relação as mudanças na forma de atendimento do público em geral, que deixou de ser por agendamento passando a ser por ordem de chegada. “Com isso, existem reclamações sobre as filas de espera”, destaca a vereadora Marcilei.

Ainda de acordo com a vereadora, os usuários reclamam da falta de aviso prévio nos casos de mudança na data das consultas e exames agendados previamente. “Essas mudanças já foram confirmadas pela Secretaria Municipal de Saúde. Para esclarecer sobre esse assunto, vamos realizar nos próximos dias, uma reunião de trabalho para tirar dúvidas”, completou a vereadora Marcilei Vignatti.

Foram convidados a participar do encontro, o secretário Municipal de Saúde, Luiz Carlos Balsan e o coordenador da Atenção Básica de Saúde, Guilherme Arenhardt.

Fonte: Câmara Municipal de Vereadores de Chapecó

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

MUSEU ANTONIO SELISTRE DE CAMPOS (MASC) COMPLETA 46 ANOS

O Museu Antônio Selistre de Campos (MASC) completa neste dia 19 de abril, dia dos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.