terça-feira , 23 abril 2024
Home / Destaque / Sub-14 e 15 confirmam classificação no Sul-Brasileiro
Foto: Assessória/ACF

Sub-14 e 15 confirmam classificação no Sul-Brasileiro

Na manhã ensolarada desta quarta-feira (10), os Crias do Condá das categorias sub-14 e 15 entraram em campo no CT da Água Amarela para encerrar as suas participações na primeira fase do Campeonato Sul-Brasileiro BG Prime. As partidas foram contra a equipe do Azuriz. O sub-14 perdeu por 2 a 1 enquanto o sub-15 venceu pelo placar de 4 a 2. Ambas as categorias estão classificadas para a fase mata-mata.

A categoria sub-14 entrou em campo com a classificação garantida para o próximo estágio da competição, porém, lutava pela vitória para tentar terminar a primeira fase em uma posição melhor na tabela. O duelo entre os dois times foi muito equilibrado e acabou com a vitória da equipe visitante por 2 a 1. O gol da Chape foi marcado por Luiz Mariano.

Mais tarde, por volta de 12h, foi a vez do sub-15. Com apenas uma derrota no ano, os garotos continuaram com o bom desempenho e golearam o elenco paranaense pelo placar de 4 a 2. A categoria já estava com a terceira colocação garantida na tabela geral, mas mesmo assim lutou bravamente pela vitória.

“Nós estamos muito satisfeitos com o trabalho que está sendo feito. São meninos que, apesar de grande parte deles serem de outras regiões, entenderam como funciona a Chapecoense. Nos classificamos muito bem, com a mesma pontuação do segundo colocado e apenas um ponto a menos que o líder. Com certeza todos eles vão render bons frutos à Chape no futuro”, afirmou o Coordenador Técnico das Categorias de Base alviverde, Nei Minks.

Os gols da Chapecoense na partida foram marcados por Luciano, Kawe, Bernardo e Gabriel. Agora, as duas categorias aguardam os jogos restantes das demais equipes para conhecerem seus próximos adversários no mata-mata, que é decidido em jogo único e tem como mandante o time com a melhor classificação geral.

“Nosso desafio enquanto comissão é repassarmos aos atletas que eles continuem com essa pegada e essa performance. Tem meninos que estão comigo desde o sub-13, por isso eles têm o DNA da Chapecoense. Ficamos muito felizes em vê-los evoluindo a cada jogo. Eles têm uma sede de vitória muito grande”, avaliou a treinadora Nívia de Lima.

Por João Vítor Heemann

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Alunos da Rede Municipal participam de Projeto de Iniciação Científica

Os estudantes da Rede Municipal de Ensino que participaram da última Olimpíada Brasileira de Matemática ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.