segunda-feira , 15 abril 2024
Home / Destaque / Sancionada lei que reajusta vencimentos dos agentes de saúde e de combate a endemias
Foto: Assessoria/PMC

Sancionada lei que reajusta vencimentos dos agentes de saúde e de combate a endemias

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, sancionou nesta segunda-feira a Lei Complementar 761, que reajusta os vencimentos dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate a endemias, de acordo com a Emenda Constitucional 120, de 5 de maio de 2022.
De acordo com a emenda, o piso ficou estabelecido em dois salários mínimos, o que corresponde a R$ 2.424,00. O presidente da Câmara de Vereadores, Adão Teodoro, e a maioria dos vereadores, esteve presente no ato, realizado no auditório da Prefeitura, com mais de 100 agentes.
João Rodrigues agradeceu aos vereadores pela agilidade na aprovação da lei e ressaltou que, conforme havia prometido, tão logo o Governo Federal fizesse o repasse, a Prefeitura iria pagar os valores correspondentes.
“O Governo Federal cumpriu a sua parte e nós também estamos agilizando o pagamento. Na quarta-feira os agentes de saúde já vão receber R$ 1.308, que é a diferença dos salários retroativos de maio e junho. Também na quarta-feira serão pagos R$ 650 para os agentes de combate a endemias, relativo a junho, e, quando for depositado o restante, vamos pagar o retroativo a maio. O mês de julho já será pago com o salário cheio. Fizemos nossa parte, que é merecido por vocês, e pedimos que vocês continuem atendendo nossa população com sensibilidade e carinho”, disse Rodrigues.
O prefeito também anunciou, juntamente com o secretário de Saúde, Jader Danielli, novos investimentos em saúde, como a contratação de mais dez equipes de Saúde da Família, para reforçar o atendimento, além da reforma da unidade do bairro São Cristóvão. Em agosto também será inaugurada a unidade do Jardim do Lago.

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Dia D de vacinação em Chapecó

No sábado, 13 de abril, será Dia D da Campanha de Multivacinação nas 26 unidades ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.