segunda-feira , 22 abril 2024
Home / Notícias / Projeção da Getúlio, vias e condomínios são debatidos em audiência pública
FOTOS: Ana Lucietto/PMC

Projeção da Getúlio, vias e condomínios são debatidos em audiência pública

A projeção da avenida Getúlio Vargas nos sentidos Norte e Sul e seu zoneamento nas áreas de expansão foram alguns dos temas tratados na Audiência Pública realizada na manhã desta terça-feira, no auditório da Prefeitura. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Obras Estruturantes, Valmor Scolari, o objetivo foi apresentar e discutir propostas para a alteração da Lei Complementar Municipal no 541, de 26 de novembro de 2014 – Plano Diretor de Chapecó.

“Nós apresentamos propostas e recolhemos sugestões com o objetivo de atender demandas da comunidade, de projetar as vias e planejar para que o crescimento da cidade seja organizado e com a infraestrutura necessária”, disse Scolari.

Cerca de 100 pessoas estiveram presentes, entre elas o prefeito em exercício Itamar Agnoletto, vereadores, empresários e representantes de entidades e associações.

Também foram discutidas a criação de um novo dispositivo de acesso urbano, as estradas rurais e a ampliação dos condomínios fechados, de 350 metros pra 600 metros de largura, e redução da distância entre eles, que era de 90 metros, para 25 metros, que é o tamanho de uma via. Com isso poderá ter um condomínio de um lado da rua e outro condomínio do outro lado.

As sugestões levantadas na audiência serão organizadas e redigidas de acordo com a legislação pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Obras Estruturantes. Posteriormente as alterações da lei serão encaminhadas para apreciação da Câmara de Vereadores.

 

Fonte: Imprensa/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Chapecó tem sete CRAS que atendem 40 mil famílias cadastradas na Assistência Social

Serviços de Proteção e Atendimento Integral as Famílias – PAIF, Serviço de Convivência e Fortalecimento ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.