terça-feira , 21 maio 2024
Home / Notícias / Prefeitura de Chapecó repassa R$ 2 milhões para o HRO
Imagem/Divulgação/Internet

Prefeitura de Chapecó repassa R$ 2 milhões para o HRO

Atendendo solicitação da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, gestora do Hospital Regional do Oeste (HRO), a Prefeitura de Chapecó vai repassar à entidade, nesta sexta-feira, R$ 2 milhões para garantir a continuidade do atendimento de saúde à população.

Os recursos serão utilizados pela associação para pagamento de salários dos funcionários do hospital, e também fornecedores de medicamentos e insumos. A Administração tomou esta medida diante das dificuldades de fluxo de caixa que o HRO vem enfrentando devido ao aumento da demanda de atendimento, e também em razão das altas exponenciais de custos dos serviços e medicamentos desde o início da pandemia. Diversas tratativas para aumento dos repasses de recursos pelo Estado de Santa Catarina estão em andamento, mas ainda sem definição. Sem o respaldo do Município, o HRO estaria na iminência de interromper os atendimentos, por absoluta falta de condições financeiras.

O auxílio à gestão do HRO, já viabilizado em meses anteriores, só tem sido possível graças às medidas de economia tomadas pela Administração Municipal de Chapecó desde o início do ano passado, com redução de secretarias e cargos, controle de gastos e redução de custos. Este cenário tem possibilitado ao Governo de Chapecó condições para efetuar o repasse dos recursos e assim garantir que a população de Chapecó e de toda a região Oeste continue sendo plenamente atendida pelo HRO.

 

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura inicia obras de revitalização de diversas ruas

A Prefeitura de Chapecó, anunciou na segunda-feira (22) um investimento de cerca de R$ 10 ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.