sexta-feira , 19 abril 2024
Home / Notícias / Prazo de adesão ao PREFIC encerra nesta terça-feira
Foto: PMC

Prazo de adesão ao PREFIC encerra nesta terça-feira

Termina nesta terça-feira o prazo para o contribuinte chapecoense aderir ao Programa de Recuperação Fiscal de Chapecó (PREFIC), que dá descontos de juros e multas para quem quiser quitar suas pendências com o poder público.

É possível obter até 100% de desconto nos juros e multas, em até três parcelas. Há também opções de 50% a 80% de descontos, em até 24 parcelas.

O contribuinte interessado deve se dirigir ao Setor de Tributos, que fica no prédio da antiga Prefeitura. O acesso é pelos fundos, na Travessa Ilma Rosa de Nes. Os horários são das 7h às 19h, de segunda a sexta-feira. Também tem atendimento na subprefeitura da Efapi, das 7h às 13h. É possível o pagamento com cartão de crédito.

De acordo com o secretário de Fazenda, Moacir Rohr, o objetivo do programa é recuperar recursos que não estavam sendo quitados, alguns até pela dificuldade imposta pela pandemia

Quem mora no interior ou tem dificuldade de deslocamento, também pode fazer a solicitação de adesão pelo e-mail prefic@chapeco.sc.gov.br. Outra alternativa é o agendamento pelo aplicativo WhatsApp número 3321-8654. Neste número também é possível buscar outras informações.

Serão enquadrados no Prefic as pendências geradas até 31 de dezembro de 2020. O Prefic é válido para todos os tributos, como IPTU, ISS, alvarás, inclusive aqueles que estão em processo judicial. Os recursos arrecadados serão investidos em obras.

Fonte: PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

E mais uma vez, chuvas causam estragos no Estado

  Desde o último sábado, 13, o tráfego está interrompido nos dois sentidos, na BR-101, ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.