sexta-feira , 12 julho 2024
Home / Policia / POLÍCIA CIVIL EM APOIO AO CONSELHO TUTELAR PRENDE MULHER POR MAUS-TRATOS AOS SEUS QUATRO FILHOS EM GARUVA
Imagem/Divulgação

POLÍCIA CIVIL EM APOIO AO CONSELHO TUTELAR PRENDE MULHER POR MAUS-TRATOS AOS SEUS QUATRO FILHOS EM GARUVA

Foto: Polícia Civil/SC

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Garuva, em apoio ao Conselho Tutelar, prendeu em flagrante uma mulher pelo crime de abandono de incapaz e maus-tratos contra seus filhos. A Polícia Civil descobriu a situação durante cumprimento de mandado de busca em duas residências, em função de uma investigação de homicídio ocorrido no final de 2022.

Numa das casas, havia informações sobre uma mulher, mãe de quatro filhos, usuária de drogas e suspeita de envolvimento com o crime organizado, que estaria deixando de atender aos deveres básicos de alimentação, educação e saúde dos seus entes.

Após o Conselho Tutelar de Garuva ser notificado, a equipe do Conselho foi até a casa para verificar a situação das crianças. Por conta do local ser conhecido pelo tráfico de drogas e sendo o mesmo endereço do homicídio do final do ano, foi solicitado ajuda à Polícia Civil.

No período da tarde, ficou evidente a situação de risco e vulnerabilidade dos quatro filhos, com idades de 1, 4 e mais duas de 8 anos. O mais novo estava dormindo no chão, repleto de sujeira. Pelas informações, verificou-se que as crianças somente se alimentam com ajuda de vizinhos, também muito humildes e que se encontram em situação de pobreza.

Durante a abordagem, os policiais também constataram a falta do filho de 4 anos. Alguns minutos depois, o menino, sozinho, compareceu ao local, retornando de um passeio no rio, próximo à rodovia BR-101, muito longe da sua residência.

Após apuradas as informações, foi constatado que a criança também estaria pedindo comida nos comércios locais. Também foi confirmado que as meninas, com idade escolar, não estariam matriculadas na rede de ensino desde 2022. As crianças, inclusive o mais novo de um ano, não estariam com a vacinação em dia.

As crianças também não possuíam roupa para se encaminhar ao abrigo. Todas as suas vestes eram queimadas após um único uso. O local era constantemente utilizado para uso de drogas, o que levou ao encaminhamento das crianças ao abrigo.

A mulher foi presa em flagrante pelos crimes de abandono de incapaz majorado e maus-tratos, tendo em vista a situação de risco em que as crianças ficaram expostas e encaminhada ao Presídio Feminino de Joinville e não negou qualquer tipo de imputação.

A assistência social do Município de Garuva também se encontra disponível para contribuir com a situação de vulnerabilidade das famílias na cidade, ajuda essa que jamais foi solicitada pela suspeita, tendo inclusive sido negada anteriormente. As investigações continuam com outros casos que possam ocorrer na região, sempre em parceria com o Conselho Tutelar da cidade.

Fonte: Polícia Civil/SC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Ação integrada Senatrans marca lançamento da Operação Corpus Christi 2024

  Uma ação da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) do Ministério dos Transportes, integrando vários ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.