sexta-feira , 19 abril 2024
Home / Destaque / POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO CONTRA SUSPEITO DE ESTUPRO E ROUBO EM MARAVILHA
Imagem/Divulgação/PC-SC

POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO CONTRA SUSPEITO DE ESTUPRO E ROUBO EM MARAVILHA

Policiais civis cumpriram um mandado de prisão expedido pelo Judiciário contra um homem de 29 anos suspeito de estupro e roubo. A vítima foi uma jovem de 14 anos, em Maravilha, no Oeste.

O crime ocorreu no dia 06 de fevereiro. Ela foi abordada por um homem na via pública quando retornava a sua residência e foi gravemente agredida pelo homem. A violência empregada foi tão grande que a vítima chegou a perder a consciência e desmaiar durante as agressões, tendo seu rosto desfigurado pelas lesões sofridas. Depois do estupro, o homem roubou o celular da vítima.

Foi instaurado inquérito policial para investigar os crimes. Logo no início das investigações, a Polícia Militar conduziu o suspeito para a Delegacia de Polícia por ter sido preso em flagrante após arrombar um estabelecimento comercial em Maravilha, no dia seguinte ao crime de estupro e roubo.

A troca de informações entre a Polícia Civil e a PM e a prisão do investigado auxiliaram no esclarecimento do crime de estupro e roubo. Ao ser preso em flagrante por furto, o investigado ainda estava com as mesmas roupas utilizadas no dia anterior, confessou a prática do crime após ter sido confrontado com as imagens das câmeras de monitoramento da cidade.

Além disso, a vítima reconheceu o investigado que possuía lesões no corpo condizentes com marcas de arranhões deixadas pela vítima enquanto se defendia das agressões.

A Polícia Civil representou pela prisão do investigado, que foi deferida pelo Poder Judiciário e cumprida na tarde de segunda-feira (14). O mandado foi cumprido na Unidade Prisional Avançada de Maravilha, onde o preso está recolhido. A Polícia Civil recuperou o celular da vítima no local indicado pelo investigado.

A Polícia Civil aguarda o resultado dos exames periciais requisitados, especialmente o laudo de confronto dos vestígios biológicos coletados nas roupas e unhas da vítima com material biológico do investigado, que depois será incluído no Banco Nacional de Perfis Genéticos e poderá auxiliar em outras investigações criminais ocorridas no Brasil.

 

Fonte: Polícia Civil de SC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

MUSEU ANTONIO SELISTRE DE CAMPOS (MASC) COMPLETA 46 ANOS

O Museu Antônio Selistre de Campos (MASC) completa neste dia 19 de abril, dia dos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.