sábado , 24 fevereiro 2024
Home / Notícias / PMA realiza fiscalização no Rio Imaruí para verificar mortandade de peixes
Fotos: Polícia Militar Ambiental/SC

PMA realiza fiscalização no Rio Imaruí para verificar mortandade de peixes

A Polícia Militar Ambiental (PMA), na segunda-feira, 24, teve conhecimento que vários peixes apareceram mortos na beira do Rio Imaruí (também chamado de Imaruim ou Maruim), que divide as cidades de Palhoça e São José, na grande Florianópolis.

Em conjunto, os policiais militares ambientais da 1ª e 4ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, realizaram patrulhamento ao longo do rio para verificar a causa da morte dos peixes. No local, foi verificado a morte de apenas uma espécie de manjuba (Cetengraulis edentulus), não havendo indicativo da morte de outras espécies.

No Rio Imaruí não foi constatado o lançamento de produto químico ou outro tipo de causa humana que pudesse provocar a morte desses animais, sendo constatado inclusive outras espécies vivas ao longo do rio.

Desse modo, tudo indica que o cardume de sardinhas tenha morrido por causas naturais, já que são animais que vivem no mar e ao entrarem no rio de água doce, tenham se deparado com uma condição adversa, de baixa salinidade, temperatura do rio ou baixa oxigenação em razão da grande quantidade de matéria orgânica e de bactérias, agravado pelo aquecimento da água.

 

Fonte: Polícia Militar de Santa Catarina

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

PRF salva de atropelamento filhote de tamanduá-mirim

A mãe do pequeno animal não teve a mesma sorte: foi encontrada sem vida às ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.