segunda-feira , 15 abril 2024
Home / Destaque / No retorno de Brasília prefeito de Chapecó anunciará medidas em relação à CASAN e falta de água
Foto: PMC

No retorno de Brasília prefeito de Chapecó anunciará medidas em relação à CASAN e falta de água

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, retorna de Brasília nesta quarta-feira à noite e, na manhã da quinta-feira, às 10h fará um anúncio das medidas que serão tomadas pela Administração Municipal em relação à CASAN e a falta de água em Chapecó. Uma coletiva de imprensa também está programada para às 11h de quinta-feira.

A Administração Municipal de Chapecó há mais de um ano vem cobrando da CASAN medidas para ampliar a oferta de água. Mesmo antes de assumir, a atual gestão já fez reunião com a direção da estatal, cobrando investimentos. Foram realizadas várias reuniões em Chapecó e Florianópolis, nesse sentido. Mas a estatal foi protelando prazos.

Na semana passada foi realizada mais uma reunião, na Prefeitura, onde a CASAN informou que perfurou os três poços solicitados, sendo que um não deu água suficiente, do Boa Vista, e dois, do Esplanada e Grande Efapi, já estão funcionando. No entanto são medidas insuficientes diante da atual estiagem. Também foram cobrados os reservatórios, sendo que nenhum ainda foi concluído. A CASAN prometeu que vai construir uma nova Estação de Tratamento de Água, na barragem do Rio Tigre, em Guatambu, além de desassorear a barragem de Engenho Braun. Diante das cobranças da Prefeitura a CASAN começou a buscar água bruta no Rio Uruguai.

Além de cobrar a estatal a Administração Municipal também está buscando soluções definitivas, como uma parceria com a iniciativa privada para instalar uma adutora e buscar água no Rio Uruguai, pois as obras da adutora do Rio Chapecozinho, que terá 57km, tem prazo de pelo menos três anos para conclusão.
Além disso a Secretaria de Desenvolvimento Rural está trabalhando na perfuração de poços, abertura de reservatórios e proteção de fontes, que beneficiaram 1.472 famílias no ano passado. Foram perfurados 14 poços, que beneficiaram 342 famílias, de 10 comunidades: Barra da Chalana (3), Alto da Serra, Boa Vista (2), São Rafael (2), Palmital dos Fundos, Linha Pequena, Goio-Ên, Tafona, Alto Capinzal e Colônia Cella. Isso graças a um kit de perfuração, com quatro caminhões, que foi cedido pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural.

A Administração também está levando água com caminhões pipa para abastecer o interior. O telefone para solicitação é 3319-3600.

 

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Jiu-jitsu de Chapecó conquistou 12 medalhas na Copa Velho Oeste

A equipe de Jiu-jitsu de Chapecó, composta por 12 atletas do Programa Atleta do Futuro ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.