quinta-feira , 18 julho 2024
Home / Chapecó / NAPA castrou 2,6 mil animais e doou 8 mil quilos de ração em dois anos

NAPA castrou 2,6 mil animais e doou 8 mil quilos de ração em dois anos

No dia do aniversário de Chapecó, 25 de agosto, o Núcleo de Atenção aos Pequenos Animais (NAPA), completa dois anos. A política pública inovadora foi uma iniciativa do prefeito João Rodrigues e da primeira dama Fabiana Matte Rodrigues, que é madrinha do NAPA.
Fabiana disse que não havia nenhuma estrutura voltada para o atendimento de cães e gatos e o NAPA veio cumprir este papel, em parceria com as ONGs.
Uma das atuações do núcleo é o recebimento e doação de ração. Nesse período foi criado por lei o Banco de Rações. E já foram distribuídos 8 mil quilos no período, colaborando com ONGs e famílias de baixa renda, segundo a primeira dama. Fabiana lembrou que foram distribuídas 335 casinhas para os animais, ajudando-os na proteção contra o frio, chuva e sol.
Nesse período foram realizadas 2.642 castrações, que é uma dos principais focos do NAPA, de controle populacional para evitar um aumento no índice de animais abandonados e também um problema de saúde pública. De acordo com a coordenadora do NAPA, Liandra Dal Orsoletta, graças a esta ação evitou-se a reprodução de 18,5 mil animais. Também foram realizados 145 atendimentos veterinários.
Além disso, cerca de seis mil solicitações foram recebidas pelo APP Chapecó Digital. Destas, cerca de 5,5 mil já foram finalizadas, 453 estão em execução e 61 ainda estão em aberto.
O NAPA atende também denúncias de maus tratos. Mas não faz recolhimento de animais. Os cães e gatos são atendidos e posteriormente devolvidos ao convívio comunitário.

Crédito texto e imagens: Assessoria PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

O Vacimóvel não estará mais no Ecoparque

A Gerência de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Chapecó informa que a ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.