segunda-feira , 15 abril 2024
Home / Geral / Estudante de Direito vence torneio de estreantes do BSOP Millions 2021

Estudante de Direito vence torneio de estreantes do BSOP Millions 2021

Chapecoense Bruno Carbonera, de 25 anos, é o primeiro campeão dos 12 dias de competições do maior evento do esporte no Hemisfério Sul e ganha R$ 40 mil / Foto Assessoria

O chapecoense Bruno Carbonera, de 25 anos, venceu na madrugada desta quinta-feira o torneio ‘Primeira Vez’, uma das competições do primeiro dia do BSOP Millions, o maior evento de pôquer do Hemisfério Sul, que retornou depois de quase dois anos de paralisação, por causa da pandemia. O estudante de Direito ganhou o prêmio de R$ 40 mil na competição reservada aos estreantes – foram 554 inscrições para a disputa.

Bruno deixou de lado momentaneamente o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) para encarar o desafio de vencer outros estreantes. “Um [jogador] recreativo que não gosta de perder”, como se define, o competidor de Chapecó, ganhou uma das competições de abertura do evento, que vai até 5 de dezembro no World Trade Center São Paulo, na região da Berrini, Zona Sul da capital.

Para o primeiro campeão dos 12 dias de torneios do BSOP Millions, o troféu e o prêmio representam uma virada em um ano conturbado. Além do isolamento imposto pela pandemia, a transportadora da família Carbonera foi desfeita e Bruno ficou ‘desempregado’. O esporte da mente foi um suporte para superar esse momento difícil. “Desde maio foi tudo conturbado na minha vida, mas fui coroado no BSOP. Estou me formando em Direito e tenho um TCC para apresentar. Ainda bem que a apresentação é online, então dá para conciliar com o BSOP.”

São dez anos de prática do jogo de habilidade. Bruno conheceu o esporte da mente por meio do chapecoense Guilherme Pinto e convive com jogadores conhecidos do circuito esportivo, como Carlos Rox, Alex Bez e Eduardo Rodrigues, catarinense que neste ano venceu a Copa do Mundo de Pôquer do WSOP (World Series of Poker), a maior competição do esporte da mente no mundo, que desde 1970 é realizado em Las Vegas, a meca do jogo de habilidade. Eduardo Rodrigues foi o 15º brasileiro a cravar essa conquista, que rendeu o prêmio de mais de US$ 212 mil.

Bruno convive com profissionais do esporte e até integrou o time de Alex Bez, que no ano passado venceu o evento principal do BSOP Online, faturando o prêmio de quase US$ 56 mil. E Bruno acumula conquistas de quem joga profissionalmente. Em abril, ele venceu um torneio online do PokerStars, a maior plataforma do esporte no mundo, embolsando o prêmio de quase US$ 19 mil.

Mas profissionalizar-se não é uma meta de Bruno, por enquanto. “Oportunidades não vão faltar. Meus amigos são monstros do esporte e tenho certeza que eles abririam portas. Só que não me sinto preparado. É um jogo muito complexo, requer muito estudo. Aqui há caras que vivem disso, sabem muito mais do que eu. “

Jogador ‘rodado’ de competições onlines, Bruno exaltou o torneio ao vivo. A interação e a observação são determinantes, pontuou: “Eu consigo ‘sentir’ quem está mais pressionado. Pelo jeito que um jogador toma uma decisão, eu consigo ‘saber’ se está nervoso, se é a primeira vez na competição. Isso no ‘live’ é fundamental. Afinal, [o jogo] envolve pessoas”, finalizou.

Sobre Juliana Schneider

Veja Também

Chapecó conquista 2º lugar no ranking nacional de atendimento aos empreendedores

Nos três primeiros meses do ano, número de empresas atendidas pelo Sebrae/SC cresceu 36,5% em ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.