sexta-feira , 19 abril 2024
Home / Destaque / Em reunião com prefeito Casan anuncia nova estação de tratamento de água e ampliação de reservatório
Foto: Assessoria/PMC

Em reunião com prefeito Casan anuncia nova estação de tratamento de água e ampliação de reservatório

A Administração Municipal de Chapecó realizou na tarde desta quinta-feira uma reunião com a Casan para tratar da falta de água e também do tapa-buracos nas ruas da cidade, relativos a consertos da estatal. Na oportunidade o superintendente de negócios do Oeste da Casan, Daniel Scharf, e o chefe da agência de Chapecó, Bruno Comunello Eleotero, informaram ao prefeito João Rodrigues que está na iminência de ser lançada a licitação para uma nova estação de tratamento de água, que será instalada junto ao Rio Tigre, em Guatambu.

A Casan já tem um terreno e a estrutura será modular, no valor aproximado de R$ 37 milhões, com capacidade para 250 litros por segundo. Para se ter uma ideia a Estação do São Cristóvão tem capacidade para cerca de 560 litros por segundo. A previsão é de que a nova estação entre em operação em no início de 2023. Com isso, em vez de água bruta, viria água tratada que já serviria para abastecer principalmente o bairro Efapi. Aumentando em quase 50% da atual capacidade de tratamento

Esta seria uma medida a ser implementada enquanto se desenrolam as obras de captação do Rio Chapecozinho, que terá uma adutora de 57 quilômetros. A obra deve levar pelo menos uns três anos para ser concluída.

A Casan também demonstrou disponibilidade em se integrar a um projeto de captação de água no rio Uruguai, que está sendo desenvolvido por uma agroindústria de Chapecó e que o prefeito João Rodrigues considera uma boa solução também para abastecer a cidade.

A Administração também cobrou o andamento da perfuração de três poços e construção de três reservatórios.

O poço do Esplanada já está pronto e em operação, com vazão de 20 mil litros por hora, e já conectado com o reservatório próximo ao Hemosc.

O poço da Grande Efapi, que foi perfurado próximo ao Lajeado São José, deu vazão de 25 mil litros por hora. A bomba está sendo instalada e nesta semana já deve ser incorporado à rede.

Já o poço do Boa Vista não deu vazão suficiente. A Casan estuda a possibilidade de perfuração de um poço profundo na região do São Pedro.

Em relação aos reservatórios está pronta a base do bairro Paraíso. Falta a estrutura que vai armazenar 250 mil litros.

Já o reservatório do Esplanada, com 2 milhões de litros, a empresa contratada que executará o reservatório está ajustando o projeto com as considerações apresentadas pela Casan.

Outra solicitação da Administração de Chapecó, a dragagem da barragem do Engenho Braun, no Lajeado São José, e que já teve a primeira etapa realizada no ano passado, terá uma nova etapa. A Casan já tem publicado o edital de licitação para ampliar o reservatório, de 230 mil metros cúbicos, para 630 mil metros cúbicos. O trabalho vai levar mais de três anos e deve custar R$ 36 milhões. O prefeito João Rodrigues afirmou que o Parque do Eldorado também terá um lago, com cerca de 160 mil metros cúbicos, que servirá como uma reserva de água para os períodos de estiagem.

Outro tema tratado, sobre a recuperação do asfalto decorrentes de consertos da Casan, que o município repassou para a estatal, e que tem gerado alguns transtornos, pode ser devolvido ao município. Para isso a Prefeitura de Chapecó solicitou um convênio de R$ 500 mil.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Luiz Paulo Carraro, uma equipe seria montada para atender este serviço. O secretário de Governo, Thiago Felipe Etges, o diretor da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento, Maurício da Rocha Lise e o engenheiro sanitarista da Diretoria de Saneamento do Município, Eduardo Olivo, também participaram da reunião.

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

MUSEU ANTONIO SELISTRE DE CAMPOS (MASC) COMPLETA 46 ANOS

O Museu Antônio Selistre de Campos (MASC) completa neste dia 19 de abril, dia dos ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.