sexta-feira , 24 março 2023
Home / Policia / Deputado Emerson Stein pede mutirão da Celesc para melhorar instalações elétricas nas escolas
Crédito: ALESC

Deputado Emerson Stein pede mutirão da Celesc para melhorar instalações elétricas nas escolas

Sempre atento as demandas do povo catarinense, o deputado Emerson Stein, que recentemente fez várias visitas a colégios na região da AMFRI, usou a tribuna da Alesc para relembrar a realidade enfrentada por milhares de alunos. Atualmente aparelhos de ar condicionado que dariam mais conforto na hora do aprendizado, estão estocados aguardando a adequação de mais de 790 escolas públicas.

Não só o conforto, mas o avanço na educação de nossos alunos poderia se dar pelo uso de tecnologias como as lousas digitais, que por igual motivo, também não estão sendo usadas, são mais de 3 mil lousas digitais, computadores e retroprojetores aguardando para serem instaladas. São cerca de R$ 30 milhões de reais investidos na educação e que estão à espera das melhorias. Os dados são da própria secretaria de educação do estado.

“ A CELESC tem a expertise, e condições de fazer as adaptações necessárias para que nossos alunos tenham uma educação de qualidade, além da responsabilidade que temos com a aplicação do dinheiro público investido”, disse Emerson.

O deputado pediu o apoio aos colegas de Alesc para endossarem o requerimento que será apresentado nos próximos dias. Confira a entrevista que o Deputado concedeu a equipe de comunicação da ALESC em https://youtu.be/_mqLbMOmPZI

 

Fonte: ALESC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Idoso foge da fiscalização e provoca acidente na BR-282 em Xanxerê

Na tarde desta quinta (16), policiais rodoviários federais realizavam fiscalização em frente à Unidade Operacional ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.