quarta-feira , 19 junho 2024
Home / Notícias / Chapecó reajusta salário de professores a R$ 6,8 mil
Foto: Leandro Schmidt/PMC

Chapecó reajusta salário de professores a R$ 6,8 mil

Chapecó vai aderir ao reajuste nacional de 33,24% anunciado nesta semana pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, anunciou a medida nesta sexta-feira.

O prefeito e a secretária de Educação, Astrit Tozzo, explicaram que o novo piso salarial será de R$ 3.853,63 para quem tem Magistério (Ensino Médio), mas que em Chapecó somente 79 dos 1,9 mil professores ingressaram nesta modalidade e a maioria progrediu na carreira e ganha mais do que isso. Para quem tem pós-graduação e 40h em sala de aula, o salário será de R$ 6.883, computando R$ 6,3 mil de salário mais R$ 566 de regência de classe. Mais de 90% dos professores de Chapecó vão receber R$ 6.883 de salário, a partir da publicação do decreto presidencial.

“Chapecó vai ter um dos maiores salários do Brasil. Aderimos ao reajuste nacional de 33% como um gesto de valorização dos professores e respeito pelos alunos, pois queremos uma educação de qualidade”, disse o prefeito João Rodrigues.

Nesta semana houve uma reunião com os gestores das 90 unidades, onde foram anunciadas várias medidas, como aquisição de equipamentos, reforma das escolas, construção de novas unidades e ações de capacitação para elevar a qualidade de ensino na rede municipal.

As aulas iniciam no dia 7 de fevereiro, para os professores, e 9 de fevereiro, para os alunos.

 

Fonte: Assessória/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura inicia obras de revitalização de diversas ruas

A Prefeitura de Chapecó, anunciou na segunda-feira (22) um investimento de cerca de R$ 10 ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.