segunda-feira , 15 abril 2024
Home / Esportes / Chapecó esclarece questão dos Joguinhos Abertos
Foto: PMC

Chapecó esclarece questão dos Joguinhos Abertos

 

A Administração Municipal de Chapecó realizou na manhã desta segunda-feira uma entrevista coletiva no gabinete do prefeito João Rodrigues, para falar sobre a questão da sede dos Joguinhos Abertos.

Além do prefeito estiveram presentes o secretário de Governo, Thiago Etges, o presidente da Fundação de Esporte de Chapecó, Agnaldo Pereira, e o ex-presidente da Fundação, Mauro Johann, que acompanhou a negociação. Alguns gerentes da Fundação e professores de modalidade acompanharam a coletiva.

João Rodrigues disse que Chapecó candidatou-se em 2021 a ser sede dos Joguinhos mas, alguns pré-requisitos não foram cumpridos pela Fesporte, dentro do prazo previsto. O município solicitou R$ 1 milhão para melhorias das quadras esportivas e outras despesas, o que não foi atendido pela Fesporte. Além disso, o órgão estadual deveria ter realizado uma vistoria técnica em até 180 dias antes da competição, o que não foi feito.

Diante disso o município chegou a mandar um ofício no dia 20 de junho, desistindo de ser sede. No mesmo dia em que a Secretaria de Educação do Estado informou que não iria disponibilizar as instalações das escolas estaduais para o evento, tanto para os jogos, quanto para alojamentos.

Posteriormente a Fesporte comunicou que Chapecó seria banida das modalidades. Para não prejudicar os atletas, a Administração Municipal resolveu bancar os custos e mandou um novo ofício, no dia 6 de julho, manifestando que manteria a intenção de sediar o evento.

No entanto, a Fesporte mandou um parecer jurídico de que já estaria em contato com outra sede, inicialmente Criciúma, que acabou desistindo.

“A Fesporte passou a buscar outras sedes e não aceitou de volta Chapecó, além de banir o município da competição, prejudicando nossos atletas. Isso é uma discriminação que o Governo do Estado está adotando com Chapecó, como já vem ocorrendo em outras áreas, como no caso da Saúde”, disse o prefeito.

Foi citado que no ano passado Concórdia deixou de ser sede e participou da competição. Diante do comunicado de que Blumenau será a sede o prefeito manifestou a intenção de buscar judicialmente os direitos do município.

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Colégio Marista fica com o título no Handebol do JESC 12 a 14 anos

Foram definidos nesta semana os campeões da modalidade de Handebol do JESC 12 a 14 ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.