quinta-feira , 18 julho 2024
Home / Chapecó / Chapecó é premiada entre as três melhores de SC em Saúde e Bem-Estar

Chapecó é premiada entre as três melhores de SC em Saúde e Bem-Estar

Chapecó está entre as três melhores cidades de SC em Saúde e Bem-Estar entre municípios com mais de 100 mil habitantes. O município foi finalista do Prêmio Band Cidades Excelentes, cuja premiação foi realizada na noite de segunda-feira, em Florianópolis. As outras duas finalistas foram Tubarão e Criciúma, sendo que esta ficou em primeiro.
O secretário de Saúde de Chapecó, Jader Danielli, compareceu ao evento e recebeu o certificado de premiação.
“Este é mais um reconhecimento pelo trabalho que vem sendo realizado em Chapecó, sob o comando do prefeito João Rodrigues, com ampliação de estrutura, novas equipes de saúde da família, uso de tecnologia para melhorar a comunicação e o atendimento, além de ações de gestão para melhorar o fluxo de informações”, disse Danielli.
O prêmio levou em conta os seguintes critérios: Cobertura estratégica em Saúde da Família, Expectativa de vida ao nascer, Número de leitos hospitalares por mil habitantes, Número de profissionais da saúde por mil habitantes, Proporção de internações sensíveis à atenção básica- (ISAB) e Taxa de mortalidade infantil por mil habitantes.
A terceira edição do Prêmio Cidades Excelentes premiou os destaques em seis pilares: Educação; Saúde e Bem-Estar; Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Sustentabilidade; Desenvolvimento Sócio Econômico e Ordem Pública; e Governança, Eficiência Fiscal e Transparência.
Chapecó também tem se destacado no programa Previne Brasil, do Governo Federal, onde entre as cidades com mais de 200 mil habitantes é o primeiro de Santa Catarina e o terceiro do Brasil.

 

Crédito texto e imagem: Assessoria PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Como foi votado o projeto que regulamenta reforma tributária

  Como já era de se esperar, a Bancada Catarinense, em sua maioria, votou contra ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.