quinta-feira , 20 junho 2024
Home / Destaque / Chape perde mais uma e segue sem vencer em casa
FOTO Chapecoense

Chape perde mais uma e segue sem vencer em casa

A Chapecoense entrou em campo na noite deste sábado (16), na Arena Condá, para enfrentar o Fortaleza em partida válida pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Contra a equipe cearense, o Verdão acabou saindo atrás no placar – com um gol sofrido no início do primeiro tempo – mas contou com o apoio do torcedor para buscar o empate. O gol que deixou tudo igual saiu dos pés de Rodriguinho, Cria do Condá, que roubou a bola, fez bela jogada individual e estufou as redes ainda na primeira etapa. No tempo complementar, a Chape foi superior e criou inúmeras oportunidades de virar o marcador, até que aos 42, Kaio Nunes deixou a zaga na saudade e mandou no ângulo, colocando o Verdão em vantagem. A arbitragem, no entanto, revisou o lance e assinalou um pênalti para o adversário na origem da jogada, invalidando o gol. Na cobrança da penalidade, Pikachu converteu e determinou a vitória do adversário por 1 a 2.

 

Num início de jogo estudado e bastante movimentado, o Verdão contou com grande defesa de Keiller logo aos cinco minutos, após chegada perigosa da equipe adversária. No lance seguinte, no entanto, em nova chance do time visitante, Bruno Melo colocou o Fortaleza na frente no placar. Com apoio da torcida, o Verdão saiu em busca de empatar a partida ainda na primeira etapa. Aos 41, Rodriguinho aproveitou descuido da zaga adversária, roubou a bola na saída do marcador e deixou tudo igual na Arena Condá. Formado na base da Chape, o camisa 35 marcou o seu primeiro gol pelo time profissional do Verdão. Com 1 a 1 no placar, a Chape voltou a pressionar e, aos 46, Denner passou para Lima na intermediária, o camisa 32 avançou e cruzou na área, mas a defesa adversária afastou a boa chegada da Chapecoense.

 

Na segunda etapa, a Chapecoense recomeçou o jogo com superioridade, protagonizando três grandes lances ainda nos minutos iniciais. Aos quatro, Mike disparou em contra-ataque e ia ficando cara a cara com o goleiro, mas a defesa adversária cortou para escanteio. No lance seguinte, Geuvânio finalizou de canhota, com perigo, e mandou na rede, mas pelo lado de fora. O camisa 55 protagonizou novo lance aos seis minutos, quando avançou com perigo para área e arriscou chute, mas a bola saiu pela linha de fundo.

 

Mantendo a superioridade na etapa final, aos 27 Geuvânio e Ronei fizeram uma bela troca de passes no meio de campo, avançando com perigo ao ataque. A bola sobrou para Matheus Ribeiro, que avançou pela direita e cruzou na área, mas a defesa adversária tirou o perigo. O Fortaleza chegou a ampliar o placar aos 31, mas após revisão do VAR o gol foi anulado por impedimento do lateral Tinga. Sem alterações no placar, a Chape voltou a pressionar e fez blitz na área adversária. Fazendo valer a pressão, aos 42 Kaio Nunes realizou uma pintura na Arena Condá. O camisa 96 limpou a marcação e, com tranquilidade, chutou colocado, sem chance de defesa para o goleiro adversário.

 

O gol foi anulado após revisão do VAR, que sinalizou pênalti para o Fortaleza cometido no lance que antecedeu o gol da virada alviverde. Aos 46, a equipe adversária converteu a cobrança e determinou em 1 a 2 o placar final.

 

A Chapecoense volta a campo no próximo domingo (24), fora de casa, quando enfrenta o Bahia em partida válida pela 28ª rodada. O jogo acontece às 20h30.

Sobre Ana

Veja Também

Chapecó recebe representantes nacionais e estaduais do Tênis de Mesa em preparativo para sediar o Campeonato Brasileiro

Já estão em Chapecó representantes nacionais e estaduais do Tênis de Mesa, que vieram para ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.