terça-feira , 23 abril 2024
Home / Chapecó / Capacitação sobre preenchimento da Declaração de Óbito em Chapecó

Capacitação sobre preenchimento da Declaração de Óbito em Chapecó

Profissionais médicos da rede de atenção pública / privada / hospitalar/ IML e técnicos do SIM – Sistema de Informação sobre Mortalidade participaram na sexta-feira (02) de uma capacitação sobre a importância do correto preenchimento da Declaração de Óbito. A capacitação aconteceu no auditório da Regional de Saúde de Chapecó e o palestrante foi Dr. Yuri Munir Igor Alves Guimarães Figueiredo, médico pediatra, codificador Estadual de causa básica de óbito e interlocutor do SIM do Estado da Saúde de Santa Catarina. Ela foi promovida pela Gerência Regional de Saúde de Chapecó em parceria com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado da Saúde de Santa Catarina e com a Secretaria Municipal de Saúde de Chapecó.
A Declaração de Óbito (DO), além de ser um documento indispensável para as formalidades legais do sepultamento e lavratura da Certidão de Óbito pelos Cartórios de Registro Civil, é o documento padrão para a coleta das informações sobre mortalidade, que servem de base para o cálculo das estatísticas vitais e epidemiológicas, além de ser um instrumento imprescindível no país para a construção de qualquer tipo de planejamento de saúde.
Para o cumprimento desses objetivos, são fundamentais o empenho e o compromisso de profissionais médicos com relação à veracidade, à completude e à fidedignidade das informações registradas na DO, visto que se trata de ato exclusivo médico. Esta capacitação terá como intuito abordar o correto preenchimento da DO, esclarecer itens que a compõem e sua estrutura.

Crédito texto e imagem: Assessoria PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura e NAPA anunciam mais mil cirurgias de castração, totalizando três mil no ano

A Prefeitura de Chapecó e o NAPA (Núcleo de Atenção aos Pequenos Animais) anunciaram nesta ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.