terça-feira , 23 abril 2024
Home / Esportes / Campeonato Sul-Brasileiro de Motonáutica reúne mais de cinco mil pessoas no Goio-Ên
Foto: @dechapeco

Campeonato Sul-Brasileiro de Motonáutica reúne mais de cinco mil pessoas no Goio-Ên

Mais de cinco mil pessoas prestigiaram o Campeonato Sul-Brasileiro de Motonáutica, realizado neste final de semana, no porto Goio-Ên, em Chapecó.
Os treinos foram no sábado (17) e as provas no domingo (18), com mais de 20 participantes. Uma das atrações foi o piloto de Porto Rico, Anthony Acosta, que já competiu nos Estados Unidos, México, Colômbia e Indonésia. Na primeira prova que ele disputou, da V 1700, acabou tendo problemas mecânicos com o barco. Mas na Força Livre acabou vencendo.
Tinha também uma competidora da Argentina na categoria infantil V 300.
Entre os brasileiros um dos competidores foi Carlos Mecca, de Erechim. Ele competia provas de arrancada e há cerca de uma década mudou para a motonáutica, influenciado por um amigo.
“Eu recomendo este esporte para as pessoas pois é muita adrenalina, é uma terapia. A gente tem oportunidade de se enturmar com outras famílias, de competir com pilotos internacionais e aqui no Goio-Ên tem boas condições para sediar competições náuticas”, disse Mecca.
A primeira das seis provas foi vencida por Lauro Eduardo Trisch, 12 anos, de Canoas.
Ele é o atual campeão gaúcho da categoria V 300, saiu atrás na prova de Chapecó mas buscou a vitória nas.volta finais.
“Foi legal a prova”, disse, ao sair do barco.
A competição foi promovida pela Associação de Motonáutica do Rio Grande do Sul, com apoio da Prefeitura de Chapecó.
O presidente da Fundação de Esporte de Chapecó, Agnaldo Veriato Pereira, avaliou que o evento foi um sucesso:
“Para nós é um evento novo, que teve boas provas, pilotos internacionais e um público surpreendente. Junto com a Associação Gaúcha de Motonáutica tivemos o apoio de várias secretarias e órgãos da Prefeitura, das Forças de Segurança do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina”, disse Agnaldo.

O gerente de Projetos e Captação da Fundação de Esporte de Chapecó, Mário Tomasi, agradeceu aos muitos parceiros do evento, entre eles a Maxsul, pelo patrocínio, e a Foz do Chapecó Energia S. A., pela liberação do lago, que fica na área alagada do Rio Uruguai, criada após a construção da hidrelétrica Foz do Chapecó.
“Foi a retomada dos eventos náuticos em Chapecó e os pilotos elogiaram as condições das provas. Além disso realizamos ações de conscientização ambiental, como a soltura de três mil alevinos, o plantio de dezenas de mudas de espécies nativas e a reciclagem do lixo”, disse Tomasi.
O presidente da Associação Gaúcha de Motonáutica, Rodrigo Polasek, agradeceu o apoio da Prefeitura de Chapecó, da Fundação de Esporte e disse que pretende voltar a Chapecó no próximo ano.
E o prefeito João Rodrigues concordou em dar continuidade às competições náuticas e ampliando o número de pilotos e estrutura.
“Chapecó se destaca no turismo de eventos e nós estamos incentivando ainda mais o setor, apoiando eventos, melhorando a infraestrutura, construíndo novos pavilhões, modernizando a Arena Condá, construindo a Arena Chapecó e nos próximos dias vamos licitar a pista do Autódromo Internacional”, disse o prefeito.

Também apoiaram o evento a Fundação Cultural de Chapecó, a superintendência dos distritos de Marechal Bormann e Goio-Ên, a Diretoria de Segurança Pública a Polícia Militar, Polícia Ambiental, Bombeiros, Marinha, Brigada Militar, Unochapecó/Fundeste, Gerência de Resíduos Sólidos e a Diretoria de Meio Ambiente, Diretoria de Desenvolvimento Econômico e NAPA.

Pódio

V 300
1- Lauro Trisch, de Canoas-RS
2- Valéria Rohde, de São Valentim-RS
3- Felipe Schneider, de Cruzeiro do Sul-RS

V 700
1- Cassiano Schneider, de Cruzeiro do Sul-RS
2- Cristiano Schlosser, de Cruzeiro do Sul-RS
3- André Cassemiro, de Getúlio Vargas-RS

V 1700
1- Rodrigo Polasek, de Erechim-RS
2- Carlos Mecca, de Erechim-RS
3- Anthony Acosta, de San Juan- Porto Rico

R 2.5 A
1- Alceu Conte, de Lajeado-RS
2- Edu Trisch, de Canoas-RS
3- Luciano Diniz, de São Jerônimo-RS

R 5000
1- Jonathan Bonafi
2 – Pelegrini, de Nova.Santa Rita
3 – Foca, de Erechim-RS

FORÇA LIVRE
1- Anthony Acosta, de San Juan-Porto Rico
2- Carlos Mecca, de Erechim-RS

 

Fonte: Imprensa/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Prefeitura de Chapecó/ADCTM conquista 21 medalhas na 1ª etapa da Liga Oeste

No final de semana, a cidade de Pinhalzinho recebeu atletas de Tênis de Mesa de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.