quarta-feira , 19 junho 2024
Home / Destaque / Bebê engasgado é salvo por policiais em Balneário Rincão
Imagem/Polícia Militar de SC

Bebê engasgado é salvo por policiais em Balneário Rincão

Dois policiais recém-formados como soldados em dezembro de 2021 salvaram um bebê de dois meses de vida que se engasgou com um remédio na noite de quinta-feira, 27, em Balneário Rincão.

Os policiais militares estavam em rondas na zona sul da cidade quando um homem e uma mulher abordaram a guarnição requerendo socorro para o filho, com apenas dois meses de idade que estava engasgado.

Foram 10 minutos realizando a manobra de Heimlich, que consiste em colocar o bebê de bruços em um dos braços e com a outra mão dar batidas nas costas para desobstruir as vias aéreas. O soldado Ronald Germani Batista da Silva, de 30 anos, foi o policial responsável por acionar o Samu enquanto o parceiro, soldado Avelino Damiani Neto, de 26 anos, realizava a manobra de salvamento no bebê.

“Não queríamos que uma fatalidade acontecesse e, no momento, procurei manter a calma e confiar na técnica que tínhamos aprendido, na persistência para que desse o resultado positivo”, afirma o soldado Ronald.

“No momento em que a criança chorou foi um alívio. Foi o melhor choro que ouvi na minha vida”, declarou o soldado Avelino Damiani Neto, responsável pelas manobras de salvamento.

Após conseguir desengasgar o bebê, que voltou a respirar normalmente, a criança foi encaminhada ao Hospital Materno Infantil Santa Catarina (HMISC) em Criciúma pelo Samu. O pais do bebê ficaram aliviados depois do salvamento do filho e o menino já recebeu alta da unidade hospitalar.

 

Fonte: Cabo Cesar Dalmolim Maciel/Polícia Militar de SC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Programa Água Boa cadastra produtores interessados na proteção de nascentes e cursos de água

A Secretaria de Desenvolvimento Rural de Chapecó informa que está aberto o cadastro de interessados ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.