terça-feira , 23 abril 2024
Home / Destaque / Bancada Feminina debate violência contra mulher em Chapecó
Foto: CMC

Bancada Feminina debate violência contra mulher em Chapecó

A bancada feminina do Poder Legislativo de Chapecó, realizou nesta segunda-feira (29), mais uma Reunião de Trabalho. Desta vez, vereadoras e convidadas fizeram um debate sobre a violência contra a mulher. A bancada é formada pelas vereadoras Marcilei Vignatti (PSB), Deise Schilke (PT) e Sueli Suttili (PSD).

Cada vereadora convidou três mulheres para debater o assunto: Franciane Bortoli (psicóloga), Andreia Alves (terapeuta) e Flávia Durgante (vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher). “Formamos a bancada e promovemos esses encontros para levantar demandas e construirmos políticas públicas voltadas às mulheres”, comentou a coordenadora da bancada feminina, Marcilei Vignatti.

A psicóloga Franciane Bortoli, em seu pronunciamento, disse que levantamentos dão conta que a violência contra a mulher aumentou durante a pandemia, em função do isolamento social. “Por isso, existe a necessidade de voltarmos a falar sobre o projeto de Um Centro Integrado de Atendimento às Mulheres. As vítimas precisam ser melhor assistidas”, destacou.

A terapeuta Andreia Alves, que também relatou ter sido vítima de abuso, fez um alerta para toda a sociedade para que não aconteça o mesmo que ocorreu dentro de sua família. “Tenho uma filha de 16 anos, que presenciou os abusos que sofri. Atualmente, ainda precisa de acompanhamento psicológico. É justamente isso que precisamos evitar”, reiterou.

A vice-presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Flavia Durgante, falou sobre os atendimentos às vítimas e a importância de investir em educação. “Discutir gênero nas escolas não é falar sobre sexualidade. É debater e informar as crianças sobre os perigos dos abusos”, concluiu.

A bancada feminina encerrou este ano, os eventos promovidos e no ano de 2022, a intenção é continuar pautando assuntos que possam levantar demandas levantadas pelas próprias mulheres chapecoenses.

Fonte: Câmara Municipal de Chapecó

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Alunos da Rede Municipal participam de Projeto de Iniciação Científica

Os estudantes da Rede Municipal de Ensino que participaram da última Olimpíada Brasileira de Matemática ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.