domingo , 25 fevereiro 2024
Home / Destaque / Administração reúne forças de segurança e MP para definir ações contra perturbação
Foto: Assessoria/PMC

Administração reúne forças de segurança e MP para definir ações contra perturbação

A Administração Municipal de Chapecó reuniu na manhã desta quarta-feira, na sala de reuniões da Prefeitura, as forças de Segurança do Município e Ministério Público para tratar de ações de combate às reclamações de perturbação do sossego público, desordem e lixo, causado por aglomerações nos finais de semana, principalmente no Centro e prolongamento da Avenida Getúlio Vargas.

Estiveram presentes o prefeito João Rodrigues, o vice-prefeito Itamar Agnoletto, os secretários de Governo, Thiago Etges, da Saúde, Luiz Carlos Balsan e da Assistência Social, Elisiani Sanches; o Procurador Geral do Município, Jauro Sabino Von Gehlen, o diretor de Segurança Pública, Clovis Ari Leuze, o Consultor de Segurança do Município, Márcio Bueno, o promotor da 14ª Promotoria de Segurança Pública, Simão Baran Júnior, o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Ademir Barcarollo, o delegado regional da Polícia Civil, Ricardo Casagrande, o comandante da Guarda Municipal de Chapecó, Roger Lima, entre outros.

Durante a reunião foram discutidas ações de governo e possibilidades jurídicas em busca de soluções para os problemas. Entre as ações definidas está a elaboração de uma lei municipal restringindo consumo de bebida alcoólica em vias públicas.

“Dentro de 30 dias pretendemos elaborar e aprovar uma lei limitando os horários de consumo de bebidas alcoólicas e também de funcionamento dos telebier, inicialmente a partir das 2h da madrugada. Mas já neste final de semana a Guarda Municipal e a Polícia Militar farão uma operação para coibir a perturbação do sossego público. Também vamos colocar novas lixeiras no prolongamento da Getúlio Vargas e, posteriormente, instalar câmeras de monitoramento”, disse o prefeito João Rodrigues.

Outra medida discutida foi em relação ao consumo de drogas em vias públicas. O promotor Simão Baran Júnior demonstrou preocupação com a formação de minicracolândias em Chapecó, elogiou a iniciativa da Administração em realizar uma ação conjunta e sugeriu além de ações pontuais, ações contínuas para atender os usuários de drogas que estão na rua.

A Administração Municipal já realizou no ano passado a retirada voluntária de moradores de rua, encaminhando para emprego, familiares e tratamento. Essas medidas serão mantidas com o acréscimo de uma operação de internamento involuntário para quem necessita de tratamento químico.

 

Fonte: Assessoria/PMC

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Motos terão espaço prioritário em semáforo da avenida Getúlio Vargas com a São Pedro

A Diretoria de Segurança Pública da Prefeitura de Chapecó informa a todos os cidadãos que ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.