terça-feira , 23 abril 2024
Home / Geral / A importância de beber água da forma correta
Foto: Divulgação/Shutterstock

A importância de beber água da forma correta

A importância de beber água, vai além da hidratação, a água regula a temperatura corpórea, ajuda a transportar oxigênio e absorver nutrientes, mantém e melhora o funcionamento de órgãos e articulações. Mas é preciso consumi-la de forma correta.

Veja a lista dos cuidado com a ingestão de água:

  • Beber água extremamente gelada:

Em corpos super aquecidos, pode ocorrer parada momentânea do funcionamento do estômago e causar espasmos dolorosos no esófago. Para as pessoas mais hipersensíveis, redução de batimentos, queda de pressão, tontura e mal-estar.

Pode acusar também: sensibilidade nos dentes, quadros de rouquidão, amigdalite e faringite.

  • Beber água mal armazenada:

A garrafa de água já aberta, levada a boca e ficou sem ser consumida por mais de 3 horas, quando expostas ao calor e luz solar,  pode ser perigoso.  Corre o risco de contaminação bacterianas, crescimento de algas e fungos.

Evite comprar água de procedência duvidosa. Escolha embalagens de marcas conhecidas e livres de BPA (bisfenol-A), composto tóxico usado em plásticos e identificado pelos números 3 e 7.

  • Beber água diretamente de rios:

Não é recomendável beber água diretamente de rios. A água não é tratada, ela pode estar contaminada, por fezes, substâncias químicas, vários tipo de micro-organismos. Podendo ocorrer vômito, diarreia, e contrair hepatite, febre tifoide e parasitas.

  • Beber água ‘saborizada’ passada:

Como o preparo é feito com frutas, especiarias e legumes crus, os ingredientes devem ser muito bem higienizados. A água saborizada, deve ser consumida até o final do dia, senão consumida o preparo deve ser descartado.

  • Beber muita água de uma vez só:

Beber muita água em pouco tempo ou em um só gole, pode sobrecarregar os rins, causar distensão abdominal, e até uma hiponatremia.

A hiponatremia ocorre quando os eletrólitos e o sódio presente no sangue se diluem e ficam abaixo do nível ideal. É caracterizada por causar dor de cabeça, enjoo e câimbras. Se ocorrer durante treinos, com a perda de suor, pode gerar convulsões e matar.

  • Beber água enquanto come

Misturar as refeições com água, também vale para suco, refrigerante e álcool, não é saudável. Na boca, os líquidos dificultam a mastigação, prejudicando a trituração da comida e facilita engasgos. No estômago, atrapalha a digestão, causando azia, inchaço e flatulência. Também atrapalha a absorção de vitaminas, sais minerais, e a sensação de saciedade (“enganando” o estômago, faz com que aumente o consumo de alimentos e o ganho de peso).

  • Beber água durante o sono

Repercute em insônia, causando cansaço, falta de concentração, dor de cabeça e irritabilidade. Durante o sono, os órgãos se lentificam, assim como a digestão e a filtragem dos rins, podendo aumentar as toxinas no organismo. Para evitar a sede noturna, hidrate-se durante o dia, evite consumir álcool e alimentos salgados e picantes antes de se deitar.

  • Beber pouca água com comprimido:

Ao tomar remédios devemos ingerir cerca de 200 ml de água (um copo cheio), mas não precisa virá-lo de uma só vez. Bebas aos poucos e de preferência, em pé. E nada de ingerir água com conteúdo dissolvido de cápsulas ou pílulas trituradas. Ajuda na deglutição, mas pode fazer mal e afetar a absorção.

  • Beber água sem se conhecer

Não devemos tomar dois litros de água por dia, o recomendável é consumir uma quantia compatível individualmente com peso, idade, clima, estilo de vida e que se oriente pela cor da urina, que deve se manter clarinha ou transparente. Mas vale tomar, em média, 35 ml de água por quilo. Assim, alguém saudável e que pesa 70 kg, requer cerca de 2,4 litros de água ao dia. Chás e sucos também compõem o resultado da conta.

 

Fonte:

  • Marcelo Testoni, Colaboração para VivaBem
  • Conteúdo visto no Uol

 

 

 

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Ambulatório Covid/Dengue/Sinais Gripais atende crianças e adultos também no sábado e domingo

O atendimento do Ambulatório Covid/Dengue/Sinais Gripais, situado ao lado do Centro de Saúde da Família ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.