terça-feira , 21 maio 2024
Home / Destaque / Presidente autoriza liberação de recursos para macrodrenagem de Chapecó
Presidente Jair Bolsonaro e o Prefeito João Rodrigues (Foto: Assessória da Presidência da Republica)

Presidente autoriza liberação de recursos para macrodrenagem de Chapecó

Em encontro com o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, no Palácio do Planalto, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, autorizou a liberação de recursos para resolver os problemas de alagamentos no município.
“O Prefeito acertou com a ministra Flávia a liberação de recursos para Chapecó. É uma satisfação encontrar este velho amigo de parlamento, um batalhador, que tem um coração grande”, disse Bolsonaro.
O prefeito João Rodrigues destacou que foi a Brasília para discutir problemas graves e crônicos da cidade de Chapecó, como o da macrodrenagem da área urbana, cujo projeto já havia encaminhado no início do mandato.
“O presidente Bolsonaro, sensibilizado pelos problemas de alagamentos em Chapecó já determinou a liberação de recursos que chegam na ordem de R$ 40 milhões, para resolver os problemas das casas e do patrimônio público que é destruído a cada chuva forte”, disse João Rodrigues.
Ele destacou que, com a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, em audiência realizada pela manhã, conseguiu recursos para compra de equipamentos que serão utilizados para melhorar as estradas e acessos do meio rural.
Ontem o prefeito e o secretário de Governo, Thiago Felipe Etges, estiveram na Embrapa, negociando a área da Epagri, e no Ministério da Cidadania, solicitando verbas para uma Arena Poliesportiva.

Fonte: PMC

Secretário de Governo, Thiago Felipe Etges; Predidente Jair Bolsonaro e o Prefeito João Rodrigues (foto: Assessória da Presidência da Republica)

 

Sobre Daniella Schneider

Veja Também

Chapecó sedia o 2º Congresso Brasileiro de Tecnologia e Inovação em Saúde e Semanas de Enfermagem

Chapecó está no centro das atenções do setor de saúde ao sediar o 2º Congresso ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.